28.6.06

palhaça



Foi essa a primeira palavra dita pela Ana Luz depois dos clássicos 'mamããã', 'papááá' e 'nenêêê', que a gente já ouve há algum tempo por aqui.
De tanto ouvir (eu a chamo assim, de vez em quando, 'palhaça', ou 'palhacinha', em geral quando ela apronta alguma...), repetiu, cheia de charme, com todas as sílabas e colocando a linguinha pra fora no 'lha' e no 'ça'.
Uma coisa, de fofa.