30.9.11

Que pena!


De manhã. Ana Luz e Estrela na escola. Chiara comigo, em casa. Pega um brinquedo de montar, encaixa algumas peças. Vem mostrar:

- Ó mamãe!! Titi êis!

- Que lindo, filha. Kiki que fez?

- É. Teté não. Teté tóla...

- A Teté está na escola, né, filha...

E a bichinha, com carinha tristonha:

- É. Pena...

Derreto agora-já, ou deixo para daqui a pouco?

=D

28.9.11

Pimentas na F1


Pimentas assistindo a premiação da Fórmula I com papai-pimentão, domingo pela manhã. O diálogo:

Teté: Papai, o que é aquilo na mão do moço?

papai: É um troféu, filha.

Teté: que troféu esquisito... é de ouro???

papai: não, filha... eu acho que é de aço inox.

Naná: ué! que esquisito... quem é que vai querer um troféu de 'laços e nozes'??

Depois:

Teté: onde é que eles estão?

papai: em Frankfurt, filha.

Teté: nossa... deve ser muito longe esse 'frango cru'!!

=D

21.9.11

Autoajuda


Se tem um problema que nossa caçulinha não vai ter nunca nessa vida, é baixa autoestima.

Explico: o mais novo passatempo da bichinha é desenhar. Imitando as irmãs, ela pega um 'pepel', um 'gizi', se esparrama pelo chão, e se põe a rabiscar. Quando acha que já está bom, vem toda cheia de si, balançando o papel no ar:

- Mamãe, mamanhê! Ó!!

Mas nem espera confirmação, já vai logo avaliando o próprio trabalho:

- Titi feiz! Iiiindo!!*

Eu posso?

=D

(* em chiarês: Kiki fez! Lindo!)

20.9.11

Glossário


Estrela chega pra mim:

- Mamãe! O que é 'decór'?

- O quê, filha??

- 'Decór', mamãe, o que é?

- Puxa... não sei (evitando a referência óbvia ao francês, relutando um pouco em rotular minha filhota como um futuro gênio da decoração mundial...)! Onde foi que você ouviu?

- Ah mamãe... foi outro dia na escola, o professor falou assim pro meu amigo: "você sabe essa música 'decór'"!!

=D

19.9.11

Geração XYZ


Eu, com a câmera em mãos, tirando fotos das pimentas. Ana Luz pede:

- Mamãe, tira foto da Pá!!! (a 'Pá' é a Fátima, que trabalha aqui em casa)

E a 'Pá', mais do que depressa:

- Não, eu não quero que tire foto minha não!!

Ana Luz, tranquilizadora...

- Se preocupa não, Pá, que a mamãe não vai colocar a foto no 'feicibuqui'...

:-P

13.9.11

Do Tamanho de um Botão


Na fila do supermercado, Chiara e eu. Uma moça se aproxima, pergunta a idade da pequena. Respondo que tem dois, e ela logo comenta:

- Puxa, mas ela é grandona!

E a bichinha, reinvindicando o lugar que lhe cabe:

- Não!! Naná Teté 'dona', Titi 'ninina'!!*

=D
(*em chiarês: Naná e Teté são grandonas, Kiki é pequenininha!!)

12.9.11

Lindas Mamíferas


Tarde em casa, com as meninas. Vou para o computador trabalhar um pouquinho. Estrela logo chega junto:

- mamãe, o que você vai fazer?
- vou trabalhar, filha.
- o que é que você está escrevendo?
- coisas do meu trabalho.

E a pequena, toda cheia de si, explicando para a irmã:

- ah! ela tá escrevendo assim: "as mamíferas são lindas e blábláblá..."

Tá bom, ou quer mais?

=D

9.9.11

Vigilância Sanitária


Eu, explicando para Ana Luz porque as (eca!) baratas são a única exceção à regra geral "não matar bichinhos da natureza":

- É que as baratas transmitem doenças, filha.

- É mamãe?? E que doença que as baratas transmitem... nojo???

;-)

8.9.11

Diva Kiki


Dia desses, na cozinha, Chiara:

- Mamãe! Tutu vô! (*suco, por favor)

Mas suco só não bastava. Mais que depressa, a bichinha foi aumentando a lista de exigências, digna de estrela de rock:

- Uvvva!

- tá bom, filha, suco de uva!

- Vêdi!

- suco de uva verde? tá bom.

- iláto!

- gelado? tá bom!

E, pegando um copo no armário:

- Pópo êti! i údo! (*nesse copo, e com canudo!)

E eu ainda tenho que ouvir por aí que criança que demora pra andar é porque tem um problema de vontade... então tá. Chiara, que andou com 1 ano e 7 meses, taí pra provar a teoria (not)!

=P

6.9.11

Tagarela


Numa manhã qualquer, Estrela vem me perguntar:

- Mamãe, o meu dente está mole?

- Acho que sim, filha, só um pouquinho...

- Mas ele vai cair???

- Vai demorar um pouco, mas uma hora ele vai cair sim.

A pequena, com um princípio de desespero:

- Mas eu não quero que o meu dente caia, mamãe...

Explico:

- Mas filha, dente de criança cai, e depois nasce um outro no lugar.

Estrelinha, quase chorando:

- Eu não quero que meu dente caia, não quero, não quero!!!

Tento entender:

- Mas por quê, filha?

E a bichinha, deixando escapar suas verdadeiras razões:

- Porque quando a gente tá sem dente, a gente não consegue falar... e eu falo muito mamãe, se eu tiver que ficar um tempo assim sem falar eu vou morrer!!!

Tá explicado...

=P

5.9.11

O galo e o papai


Família-pimenta no carro, ouvindo música infantil. Vem a famigerada 'galinha pintadinha', e ouve-se o trecho:

"a galinha ficou doente / e o galo nem ligou"

Ana Luz, imediatamente:

- Esse galo não é nada que nem o papai, que fica todo desesperado quando a mamãe fica doente...

;-)

1.9.11

Cheio recheio


Mais uma da Estrela, linguísticamente criativa feito ela só... vendo a irmã comer toda contente um brownie que, de tão cremoso por dentro, parecia ter recheio, a pequena solta:

- É que a Naná gosta muito das coisas assim, 'recheosas'...

=D