26.8.08

too busy


Estrela, ao que tudo indica, já é uma mocinha extremamente atarefada, do alto dos seus três aninhos.

Dia desses, Ana Luz pediu que ela fosse junto ao banheiro, porque não queria ir sozinha. A resposta da pimenta-caçula:

- Mas eu num tenho tempo di ir toda hóla!!!!

=P

purista


Naná conversando:

- Mamãe, puquê voxê não vai trocá a minha meia?
- Porque não precisa, filha, tá limpa...
- Mas eu queria trocá-la!!!

Outra hora, eu tentando ganhar mais uns minutinhos de manhã, a pequena:

- Mamãe, mamãe!!! Levante-se!!!!


Estarei diante de uma futura "membra" da Academia Brasileira de Letras??

;-)

23.8.08

reinventando distâncias


Conversa no carro:

Ana Luz: Mamãe, a casa da vovó Lili é muito longe?
eu: não, filha, é só um pouquinho longe...
Ana Luz: Têla, a casa da vovó Lili é só um pouquinho longe!
Estrela: não, olha: a casa da vovó Lili é um pouquinho longe, mas é muuuito perto!!

Já dizia Einstein, tudo é relativo...

=D

15.8.08

anti-consumista


Aparentemente, não preciso me preocupar com minha pimenta-primogênita. Pelo andar da carruagem, jamais se tornará uma compradora compulsiva. Dia desses, sugiro:

- Naná, vamos comprar uma sandalinha pra você e uma pra Teté?
- não, mamãe, não picisa!! eu já tenho muuuito sapato!!!

;-)

esclarecimento

Dia desses, eu dando banho nas pimentas. Naná numa reclamação só na hora de lavar o cabelo. Teté vem toda cheia de si:

- Mamãe, eu não choro pra lavar o cabelo!!!
- é? que bom, filha!

Dali a pouco, chega a vez dela e começa a reclamação:

- aiiii, meu olho, tá ardendo meu olhooooooo!!!
- ué, Teté, você não disse que não chorava pra lavar o cabelo??
- mas eu não tô chorando! eu tô gritando...

=P

12.8.08

o primeiro pirulito

com 3 anos e 2 meses... até que demorou, né?

atenção para as carinhas de felicidade, praticamente um êxtase:
...
...

8.8.08

momento ternurinha


Estrelinha andando num carrinho que as pimentas têm há tempos e adoram. Segue o diálogo:

- Têla... você deixa eu dar "uma andadinha" no seu carrinho??
- Dêêêêxo... claaaaro que eu dêxo!
- Bigada, Têla!! Voxê é uma irmãzinha tão gostosa do mundo...

Eu? Enxugando a baba, claro...

3.8.08

pérolas de convalescente


Recentemente, passamos por uma fase braba aqui em casa: primeiro pimenta-primogênita doente, depois pimenta-caçula. Ufa!

Não foi fácil, mas o período rendeu boas pérolas da pequena Estrelinha. A primeira, quando ela amanheceu com febre e vomitando depois de Ana Luz ter passado uns cinco dias bem ruinzinha:

- Mamãe, eu fiquei dodói hoje puquê a Naná tava dodói onti, i a genti num pódi ficá dodói todo mundo junto, sinão a mamãe fica maluca!!!
;-)


A outra teve a ver com um fato recente, que explico: outro dia, a avó paterna das meninas passou mal na frente delas, e elas ficaram bem impressionadas. Passaram dias relembrando o fato e perguntando os porquês. Eu, então, expliquei que a vovó Rede já era bem velhinha, e quando a gente fica velhinho, fica dodói com mais freqüência.

Pois bem. A reflexão da pequena Teté em seu dia de dodói, largada no sofá da sala:

- Mamãe, a vovó Rede é velhinha??
- é, filha.
- e quando a gente fica velhinha a gente fica dodói, né??
- é, filha.
Silêncio. Teté, com carinha de desgosto:
- Mamãe...
- oi, filha.
- eu acho que eu tô velhinha!!!

=D

drama queen


Ana Luz no final de um dia agitado, largadona no sofá:

- Mamãe!!!
- que foi, filha?
- eu tô muuuuito cansada... essa vida é muito cansadêra... eu num aguento!!!!

Essa puxou a mãe: dramááááática...

=P