30.3.14

Quando eu canto que se cuide quem não for meu irmão


a filha, feliz da vida, cantando num volume, digamos, bestial. a mãe interrompe:

- filha, dá pra cantar um pouquinho mais baixo?

a filha, numa animação sem precedentes: 

- mas mãe, quem canta seus males espanta!!

a mãe, insistente:

- tá bom, filha. mas espanta os seus males cantando só um pouquinho mais baixo!

a filha, toda cheia de razão:

- mas mãe!! aí eu não vou espantar todos... e os que são surdos???



#dedinhosdemoças #pimentinhas

Há muitos e muitos anos...


a filha contando uma história para as irmãs. termina assim:

- e aí, todo mundo se pôs a gargalhar! foi muito espirituoso... um primor!

diz aí: abriram a porteira do século XIX e eu nem percebi?


Em resumo


a filha, pesquisando sobre teatro. a pergunta que ela quer responder: "o teatro é político?"

respondo que, de alguma maneira, o teatro é sempre político, já que (supostamente) existe para fazer as pessoas pensarem, para fomentar a reflexão e a transformação da realidade. mas que existem algumas peças mais explicitamente políticas, que tratam diretamente do tema, cito Brecht, teatro do oprimido e tudo mais.

a filha, resumindo para apresentar na escola: "o teatro é sempre político. mas alguns teatros são mais políticos que os outros."

poder de síntese, a gente vê por aqui.



#dedinhosdemoças #pimentinhas #analuz

O amor que eu tenho por você é seu


a filha, no colo da mãe.

- filha, eu te amo tanto!

- eu te amo até o mar fundo e ida e volta e muito sorvete de chocolate e mil cabeças de monstro!!

isso deve ser muito, né?



#dedinhosdemoças #pimentinhas #chiara

Estados Unidos do Medo


ana luz, dando uma aula de geopolítica para as irmãs:

- aqui é os estados unidos!

- estados unidos?

- é, esse é o nome, estados unidos! porque eles estão unidos contra o medo!

- contra o medo? medo de que??

- medo de tudo, eles têm medo de tudo!!! por isso que eles fazem guerra com todo mundo...

quase 9 anos, e uma perspicácia incomparável.



#dedinhosdemoças #pimentinhas #analuz

Liberdade pra dentro da cabeça


a filha, pela décima vez, esquece alguma coisa (aham, teve a quem puxar, mas pulemos esta parte da história).

- teté! o que tem na sua cabeça hoje, vento?

- ah, mamãe! na minha cabeça tem muito vento pra bagunçar as minhas ideias, porque eu não gosto das ideias certinhas... e também tem muitas cores e muitos bichos e ideias malucas e coisas muito inteligentes que você nem imagina!

tá falado.



#dedinhosdemoças #pimentinhas #estrela

Phyna, só que não


a filha sofre um pequeno 'acidente doméstico':

- mamãe, mamãe!! eu cortei o dedo!!

- sério, filha?? qual dedo??

- o dedo do 'vai tomar no cu'!!!

tem prêmio pra criança mais phyna do pedaço? minha caçula ganha.



#dedinhosdemoças #pimentinhas #chiara

#hashtags


a menina, para a irmã:

- isso, devolve a minha boneca, tchau, beijomeliga!

quando a sua filha começa a se comunicar por hashtags, você percebe que o tempo está, definitivamente, te atropelando. 



#dedinhosdemoças #pimentinhas #analuz

5.3.14

O mundo é dos NETs (SQN)


a mãe no celular. a filha pergunta:

- mãe, pra quem você tá ligando?

a mãe, num esgar de enfado: 

- pra NET.

a filha, num suspiro de desdém:

- NET... bela porcaria, essa NET!

#aos8 já sabe tudo, essa menina.

Dispositivo anti-bullying


as filhas na piscina. uma menina da mesma idade (8 anos, ou por aí) se aproxima, botando banca:

- vocês deviam ter vergonha de ficar na piscina sem usar a parte de cima do biquini!!

Estrela, sem se intimidar e devolvendo no mesmo tom:

- você é que devia ter vergonha... você nem parece uma criança!

língua afiada anti-bullying, a gente vê por aqui.