6.6.07

pequenas imitadoras



Agora há pouco, chegando em casa vindo do supermercado e do parquinho - sim, tudo feito com as pimentas a tiracolo. Eu, preguiçosa que estava sem a menor vontade de subir e pegar a chave para liberar o carrinho de compras do prédio, dei uma sacola para cada pimenta - das mais leves, claro, exploradora de crianças é que não sou! -, ajeitei o resto nas mãos, um monte de sacolas em cada, e vim subindo. Chegando no hall do elevador, chamei e, como estava tudo pesado, apoiei as sacolas no chão, curvando-me e soltando um 'uf!' de alívio. Qual não foi minha surpresa ao ver as pimentas, cada qual com seu saquinho em mãos, apoiado no chão, com os corpinhos curvados igualzinho a mim, a soltar também seus suspiros exaustos: 'uf!'.
Lembrei na hora do vídeo "Children see, children do", que vi no You Tube há um tempo atrás. Pra quem não viu ainda, dê uma buscada por lá que não deve ser fácil de achar, e bota mesmo a gente pra pensar.
É. O exemplo é uma coisa poderosa. Para o bem e para o mal.
Ai, que meda! :O)

2 comentários:

Simone disse...

são esponjas, não é?! às vezes, parece que estamos olhando no espelho.

thais disse...

hahaha, que lindas!
realmente, é tanta responsabilidade, né?
eu tenho mania de sentar ou encostar em qq lugar. adivinha o que os meus fazem sempre que arrumam uma parede? hahhaahaha

beijo