19.6.07

qua-qua-ra-qua-quá



Digam-me com sinceridade: existe coisa mais gostosa na vida do que risada de criança?
É um riso absolutamente puro, espontâneo, sincero, verdadeiro. Um riso inteiro, tão de dentro que a gente, ouvindo, não consegue se conter e acaba rindo também.
Eu, quando as meninas começam a rir, e às vezes até a gargalhar, fico toda derretida, os olhos enchem de lágrimas. Fico sem saber se choro, se rio, se babo, se faço tudo junto.
Aqui em casa, a Ana Luz é a palhaça oficial. Eu não sei se é alguma 'síndrome de irmã mais velha' - ainda que só catorze minutos mais velha - , mas o fato é que ela adora fazer micagens e macaquices para a Estrela, e se diverte em dobro vendo a irmã rir da palhaçada.
Dia desses, estavam as duas tomando banho na piscininha que fica dentro do box. Ana Luz pegou uma colher de plástico que boiava entre os brinquedos, enfiou o cabo na boca e começou a sacudir, de um lado para o outro. Estrela achou uma graça imensa nesse gesto tão corriqueiro, e desatou a rir de um riso gostoso que só, cheio de vontade. Riu, riu, riu. Se esbaldou de rir, enquanto Ana Luz continuava a palhaçada, cada vez mais animada com a reação do público-irmã. Mas o melhor foi o grand finale da cena: Estrela riu tanto que até cansou. Encostou gostoso na beira da piscininha e soltou um suspiro: ai, ai, ai...
Eu me aguento?

4 comentários:

thais disse...

realmente, nao tem coisa mais gostosa que risada de criança.
tao bom....

Simone disse...

ai, queria ter visto! fico imagino o "ai, ai, ai"
acho que a gente precisa aprender com essas crianças a rir mais.

Kath disse...

Eu andei gravando as gargalhadas do Samuel... São lindas mesmo!!

Kath disse...

Eu andei gravando as gargalhadas do Samuel... São lindas mesmo!