23.9.07

capitalismo selvagem



As meninas já estão, desde cedo, aprendendo a entender a relação com o dinheiro, recorrente e inevitável nesse mundo (infelizmente) capitalista em que vivemos. Dia desses:

Naná (para Teté): tem mais dinheiro, mãe? (sim, acreditem ou não, elas já brincam de 'mamãe e filhinha entre si!)
Teté: acabou tudo! (olha aí a consciência da situação familiar, rs)
Naná: cê vai compá mais, mamãe?
ah, se fosse assim tão fácil...

Outra:
Teté: toma dinhêlo!
Naná: bigadu!
(Naná faz um movimento com as mãozinhas, como quem atira algo longe)
Naná: jogô tuuuudo fola...
Teté: obaaa!
Qual será o futuro destino das minhas pimentas: desapegadas ou perdulárias?? ;O)

6 comentários:

maria disse...

HAHAHA! é impressionante mesmo amiga, mas as crianças estão cada dia mais precoces, em tudo!
só nos resta dar todo amor do mundo e tentar ensinar valores, porque hoje em dia, acho que a educação não depende só dos pais, já que muitos trabalham fora e quase nem tem tempo pra passar com os filhos. ^___^~



uma ótima semana pra vocês amiga! :***

Anônimo disse...

Oi Rê! É a gente não se livra mesmo do capitalismo... Marina também diz que quer "dinheigo" para í na padagia... quer dinheiro para ir na padaria...hehehheheheheh
Estamos de blog novo. Visita a gente e me dizse posso manter o link das pimentas, lá, OK???
Beijocas
http://www.cyberbe.blog.br

maria. disse...

amiga espero qwe estea tudo bem por aí! apareça pra contar as novidades!!!

beijos! :***

Ana Sixx disse...

HAHAHAAAHAHA
Voto no desapegadas...
bjs

thais disse...

hahaha
aqui em casa tb acontece isso.
de vez em quando a mel pede alguma coisa e eu falo que não pode. ela sempre pergunta "é muito caro, mãe?". hehehehhe, tadinha.

beijo

maria. disse...

amiga, dê notícias!!!! saudades de vocês!