11.12.08

linha dura


Dia desses, as meninas no quarto, vou até a cozinha pegar uma garrafa de água. Ana Luz me pede alguma coisa de lá (já não me lembro mais o que era), e eu esqueço de trazer. Na volta, vem a cobrança:

- Mamãe, você trouxe o meu xxx?
- Ihhh filha, a mamãe esqueceu...
- Ahh, puxa vida, mamãe!!!
- Puxa, filha, você me desculpa?
- Desculpo.
- Então tão bom!
- Mas é só dessa vez que eu desculpo, hein???

Com essa minha pimenta, melhor andar na linha, senão...

5 comentários:

Lelê-A Mãe dos Pingos de Gente disse...

Oi Tata! Sou leitora do Mamiferas e vim aqui conhecer as Pimentinhas...lindas! Esses cachinhos! *_*
Ah...antes que eu esqueça "roubei" esse trecho da Valsa para uma menininha que tem ali no perfil...afinal, estou criando uma menininha também...
Vou ler mais um pouquinho dos posts anteriores, pois estou adorando!
Bjs da Mãe dos Pingos de Gente

Lelê-A Mãe dos Pingos de Gente disse...

Ai, modeusodocéu! Fiquei fã das pimentinhas...kkk...terminei de ler ...elas são umas graças! Nossa, eu teria um treco se a Naninha fosse assim tão cheia de graça...eu ri muito aqui.,..umas fofassssssssssssssss
Vou add pra não esquecer de voltar!
Bjs denovo!

LeLe disse...

Hehehhee
são lindas e estão cada vez mais espertas *-*

Bjaum

ana b. disse...

ah, renata, parabéns pela mais nova pimentinha!!!
universo feminino é tão bom, né?!
bom natal (onde quer q aconteça! casa nova, casa veha, o q importa é vcs juntos e curtindo!).
bjs
ana

Fláviabin disse...

ando ouvindo essa música à alguns dias e a sua Ana pimenta não me sai da cabeça!!!

(vou tentar baixar ela pra te enviar o arquivo)

Ana (Ana cañas)

A Ana disse ontem
A Ana ficou triste
A Ana também leu
A Ana não existe

É a Ana insiste
A Ana não consegue
A Ana inventou
Ela também merece

A Ana é azeda
Mas é doce quando é doce
A Ana é azeda
Mas muito doce quando é doce

A Ana nada sabe
A Ana sempre canta
A Ana me enrola
A Ana me encanta

A Ana se pintou
A Ana não limpou
A Ana que escreveu
A Ana se esqueceu

Foi a Ana que fez
Foi a Ana que foi
Foi a Ana em fá
Foi a Ana, foi

A Ana ama
A Ana odeia
A Ana sonha
A Ana canta