10.5.10

Eu e Ela, Ela e Eu

///
Ter uma irmã gêmea deve ser mesmo uma experiência fantástica. Só vivendo pra saber.

Ana Luz e Estrela, de vez em quando, soltam umas pérolas que fazem a gente ficar pensando como deve ser bacana ter essa vivência...

Dia desses, Teté, que tinha ido para a escola sozinha em um dia em que a irmã não estava 100% e quis ficar em casa:

- Eu não gostei quando a Naná ficou em casa e eu fui! Porque eu e a Naná, a gente nasceu junto, e a gente 'foi fazido' junto, então a gente é como assim se fosse uma, quase quase a mesma pessoa, só que diferente, assim, eu no meu corpinho e ela no dela...

E Naná, respondendo à filosofia da irmã:

- É que a Teté, ela ficou tão junto comigo, a gente apareceu no mundo quase grudada, e a gente veio junto da barriga da mamãe, então é como se ela fosse assim um pedacinho meu... e quando ela não fica comigo eu fico com muita falta dela!

Dá pra não derreter de ternura???

:-)

7 comentários:

Fláviabin disse...

dá não.
Lindas, lindas...
Deve ser fantástico e meio louco ter irmão gêmeo.

bjoOO

Anônimo disse...

Não tem como ñ... é muuiiita ternura! Que amadas, e engraçadas! Fico imaginando elas nestes "diálogos" e fico rindo sozinha... que fofas!
Bjoss, Tati

Milka disse...

Lindas de viver!!
Parabéns pelas princesas!
Tu vai se derreter muito ainda com essas duas pimentas,kkkkk

beijus

Cacau Ferreira disse...

Derreti todinha e virei pocinha!!!
Lindas!
beijos

luamorzinha disse...

ah, mas essas meninas são fofas demais...

Mari disse...

eu quero uma gêmeaaaaa!!!!

hahaha

Kalu disse...

Derreti todinha e virei pocinha!!! 2.