22.10.10

Morte e Vida Severina

///
Conversa filosófica entre as pimentas:

Ana Luz: Teté, não é que todo mundo morre?

Estrela: É.

Ana Luz: Mas se todo mundo morre, como é que um dia não acaba as pessoas do mundo???

Estrela: Sabe como é, Naná, eu vou te explicar! É que a gente morre, e o outro nasce, e aí fica assim, a gente vai, o outro vem, a gente vai, o outro vem, a gente vai, o outro vem, a gente vai e o outro vem e vem e vem, e assim vai indo!!!

Eu não teria explicado melhor...

=D

5 comentários:

Pérola disse...

Perfeito e lindo! Como só uma criança saberia explicar!

Tata disse...

tão simples, né...

Pauleca disse...

fantástico! outro dia a Tete me falou algo parecido tb, alguma coisa tipo: mãe, se a gente não morresse não ia mais caber tanta gente no mundo, porque sempre te nenê nascendo, né? rsrs

BABI disse...

Nossa criança tem realmente uma explicação sábia para cada coisa...~
outro dia minha filha de quatro anos me explicou tão bem como se colocava "nenem" na barriga... que eu realmente acreditei...

Tata disse...

as conclusões a q eles chegam são ótimas...