27.12.10

Barriga-Mundo


Eu, Naná e Teté conversando sobre a vida delas dentro da minha barriga:

eu: Vocês sabem, quando vocês estavam dentro da minha barriga, eu comia muito caqui! Comia todos os dias, tinha uma vontade danada de comer caqui!
Naná: eu não gosto de caqui!
Teté: nem eu!
Naná: é, mas quando a gente tava dentro da barriga da mamãe a gente comia né... a mamãe comia, fazer o quê???
Teté: é, a gente comia pelo umbigo!!

E saindo, as duas, continuando a conversa entre si:

Teté: isso não era justo, né, Naná?
Naná: é, não era nada justo mesmo...
Teté: ainda bem que a gente saiu da barriga da mamãe e agora a gente só come a fruta que a gente gosta, né?
Naná: é mesmo Teté, ainda bem...

=D

4 comentários:

elly disse...

lindasss!

Claudini disse...

Em busca da liberdade além-barriga!! hauhauahua lindas!
Bjs

bernardoececilia disse...

LIBERTÉ, égalité, FRATERNITÉ !

Elas são mesmo um barato, essas pimentinhas. rsrs

Nine disse...

Olá pimentas queridas!

Passando "apenas" para desejar um ótimo inicio de ano para todas vocês!

Nos vemos por lá!
Beijos,
Nine