24.1.12

Miss Ternurinha


Aqui em casa, Naná, Teté e Kiki costumam ser bem cuidadosas e carinhosas umas com as outras. Brigam, é claro, mas se cuidam mais do que brigam. Mas entre as três, Estrela ganha sem dúvida o troféu de 'miss ternurinha'. Dá cada demonstração de afeto pelas irmãs de comover a mais gélida das criaturas.

Dia desses, Ana Luz doente, tirando um cochilo no final de tarde. Entro no quarto e vejo Estrela num canto, amuadinha, com uma série de pratinhos e talheres de brinquedo, ajeitadinhos sobre uma fralda de pano, que fazia as vezes de toalha de mesa. Ao me ver, a pequena explica, um tanto contrariada:

- Eu tô brincando de restaurante! Mas como a Naná tá dormindo só tem eu, aí eu sou garçom e sou cliente também...

E conclui, numa tristeza de cortar o coração:

- A vida não tem tanta graça sem a Naná...

:-)

2 comentários:

Diário da mãe e da filha disse...

Awn que linda!! Ela é carinhosa mesmo.

Beijos

Natália disse...

KKK, MTO BOM. ADORO OS NOMES DELAS. MTO LINDO!!! BJUS