3.7.13

Estrela e o primeiro livro


E no rastro da irmã, lá se foi Estrela, aventurar-se também  na primeira leitura 'de verdade' da vidinha dela.

E como ela é ela e nenhuma outra, tipo ponto fora da curva (que outra criança pede, aos pulinhos, salada de alcachofra, macarrão com rúcula e sorvete de macadâmia??), a escolha foi, digamos, excêntrica: "A diaba e sua filha", um conto singular da autora francesa de origem senegalesa Marie NDiaye.

Leu de uma sentada, concentrada e querendo saber das palavras mais incomuns aqui e ali. Depois resumiu a história com displicência, como quem já está com a cabeça em outro lugar. Bem do jeitinho dela.

Vai minha menina moleca, segue adiante que o tempo não para.

De braços abertos, de olhos atentos, vai que uma vida inteira te espera. E há de ser tudo lindo.

Nenhum comentário: