24.5.16

7 anos!


"sabia
que ia acontecer você, um dia
e claro que já não me valeria nada
tudo o que eu sabia
um dia"

e um dia, há sete anos atrás, aconteceu você. toda definitiva.

minha menina-passarinha
geminiana bagunceira, divertida, encardida. tão cheia de amor pra dar.
tão despreocupada, tão certa das coisas, tão descabelada e arteira. que me agarra o pescoço, aperta o rostinho miúdo contra as minhas bochechas e me diz com vozinha estridente:
"mamãe como eu te amo eu não consigo te amar tanto assim!!"
e eu fico ali, uma pasta derretida esparramada no chão.

aconteceu você, há sete anos, numa madrugada silenciosa.
depois de quarenta e duas semanas, aconteceu você de um susto feito tsunami, feito furacão. um parto de três horas e um expulsivo de três forças.
depois de você, nada mais ficou igual ao que era antes.
sete anos depois, eis você: essa menina magrela, comprida, espevitada, tagarela e divertida.
toda cheia de vontades, dengosa que só ela, toda segura de si, que sabe a que veio e só faz o que quer, quando quer.
passarinha sorridente, brincalhona, piadista e trolladora.
do que eu aprendo contigo, pequena, todos os dias:
que o amor que a gente dá é igual ao amor que a gente recebe,
que rir é o melhor remédio para todas as coisas, de cotovelo ralado a macaquinhos no sótão e coração machucado;
que gente é pra brilhar, é pra ocupar todos os espaços, é pra se espalhar,
que o bonito da gente estar vivo é sorrir arreganhando os dentes, e ser feliz sem pedir licença, porque é o nosso direito.

te amo, minha lagartixa
feliz sete anos.

Nenhum comentário: